O Enem 2021 se aproxima e, com ele, aumentam-se a ansiedade e a curiosidade em torno do tema da redação. Uma série de especulações começam a surgir, sempre repletas de teorias, inclusive a de que o Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) “dão pistas” do tema em suas redes sociais. O que na verdade acontece é que, apesar de não ser possível adivinhar exatamente o que vai cair, alguns temas são mais prováveis do que outros. Isso porque a temática sempre está relacionada a questões políticas, sociais e ambientais da atualidade.

Para entender melhor de que forma o tema é definido, é preciso primeiro compreender o formato da redação. O Enem solicita a produção de um texto dissertativo-argumentativo em norma culta escrita da língua portuguesa, apresentando proposta de intervenção sociocultural que respeite os direitos humanos. No texto, é preciso que o candidato seja capaz de selecionar, organizar e relacionar, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de um ponto de vista, demonstrando os conhecimentos construídos ao longo de sua formação.

Nesse sentido, cabe ao candidato posicionar-se frente a um problema social, de forma crítica, organizada e embasada, por meio de uma argumentação consistente e que corrobore o ponto de vista defendido. O que se espera, portanto, é que ele demonstre que está preparado para a universidade, onde os estudantes precisam, de fato, se posicionar e utilizar os conhecimentos técnicos para o bem da sociedade.

Dessa forma, o texto dissertativo-argumentativo foi escolhido por permitir aos corretores avaliar uma série de aspectos, que vão desde o uso da linguagem e da norma culta da língua até a habilidade de argumentação e convencimento, bem como o senso crítico em relação ao tema.

Agora fica claro por que o tema de redação parte sempre de questões sociais importantes e atuais! Afinal, espera-se que o estudante saiba se posicionar e argumentar em defesa dele.

A dica então é estar sempre conectado aos acontecimentos recentes de todas as áreas do conhecimento, isso porque, se o Enem se organiza a partir de conteúdos atuais, o candidato precisa estar sempre por dentro das principais notícias do Brasil e do mundo. Por isso, é fundamental assistir/ler/ouvir jornais, além de manter-se atualizado e crítico em relação a tudo o que acontece na sociedade.

Logo, seguir as páginas do MEC é ótimo, não pelas possíveis dicas, mas porque, como canais voltados para a educação, tratam sempre de temas atuais e importantes. E, nesse sentido, surgem sempre algumas apostas a partir das notícias recentes. Um possível tema, por exemplo, está relacionado à educação, tendo em vista os altos índices de evasão escolar ou mesmo a ampliação da EAD devido à pandemia.

Questões relacionadas à saúde também são uma aposta, já que ficou claro o maior risco à saúde para pessoas com alguma comorbidade. Isso significa que os possíveis temas vão desde questões como a maior vulnerabilidade do fumante em relação à Covid, passando pela problemática das vacinas e, até mesmo, pelo retorno de doenças que estavam erradicadas (ou quase) no Brasil.

Os problemas ambientais e a crise hídrica e energética também estão em discussão e afetam diretamente a sociedade. Foram inúmeros os desastres ambientais nos últimos anos, desde Bento Rodrigues, Brumadinho até o aumento do desmatamento e o enorme número de queimadas nos últimos meses.

A mobilidade urbana já aparece na lista de possibilidades de temas há alguns anos, já que, especialmente nos grandes centros, isso tem se tornado um problema cada vez maior. Tal fato, inclusive, pode ser relacionado ao aumento de casos de Covid, devido à ausência de infraestrutura que garantisse o isolamento social necessário no início da pandemia.

A dica, portanto, é: fique ligado nas notícias, mantenha-se atualizado, pensante e crítico frente aos problemas, reflita sobre as causas, as consequências e as possíveis propostas de intervenção para a solução das diversas situações-problema. Assim, seja qual for o tema, você estará preparado!

Deixe uma resposta

Atenção! Todos os comentários serão previamente moderados pelo administrador antes de ser publicado oficialmente na página.

Mais em "Blog"

Revista “A Voz do 8°!”

Durante a 1ª etapa de 2021, os alunos do 8° ano estudaram sobre a Revolução Industrial, evento histórico marcante e ainda muito presente na nossa

Leia Mais »